EDITORA: Saída de Emergência
LANÇAMENTO: 1º - 1997 / 2° - 2013
GÊNERO: Fantasia Medieval
Nº DE PÁGINAS: 432
ONDE COMPRAR: Compare

Olá, povo bonito!!! Venho trazer a primeira resenha do ano! Do livro "Mago - Aprendiz". Fiquei curioso com a leitura pelo fato de passar em um período medieval. E eu amo historias medievais. Ganhei esse livro em um concurso cultural do blog Arquivo Passional , onde a melhor frase ganhava o livro! Obrigado, Elis ;) Então vamos lá!

O cenário é Midkemia, um mundo cheio de mostros, reinos e principalmente acontecimentos e guerras. O livro vai contar a história de Pug, mas não necessariamente dele, porque há um acontecimento no livro que muda isso. Pug é um simples habitante do reino de Crydee. Ele sonha em um dia ser um soldado da corte. Alegre, sonhador e esforçado, ele e seu melhor amigo Tomas trabalham na cozinha do Reino, onde se preparam para o dia que serão homens. E em Crydee, e em todos os outros reinos, há o dia da escolha. Onde as crianças que completam certa idade são chamadas pelos mestres do ducado para serem aprendizes, ou serem livres como homens. Mas Pug não consegue o posto de soldado, ao lado do Mestre de Armas, Fannon. Mas um posto que ele mesmo não esperava conseguir...(não quero estragar essa parte, por mais que esteja atras do livro :/)...Assim, em meio a inúmeros acontecimentos e um mistério de outro mundo, Pug irá se aventurar em uma jornada cruel e emocionante.

Bom, em primeira vista eu achei a capa do livro linda!!! *-* A diagramação está ótima e o livro vem com um mapa de Midkemia. Olhem que legal:


Sobre a história. Os personagens são de um certo modo bons, mas eu achei eles um pouco mal construídos. Tal como Pug, que em momento algum do meado para o fim da narrativa fala sobre o seu cargo de Aprendiz. Ao contrario de seu amigo Tomas, que exerce bem isso. O livro apresenta a princesa Carline, que se apaixona por Pug depois de um ato heróico...mas isso se quebra no decorrer da historia e eu não entendi o porque. Sem falar no final que é bem estranho. Não é spoiler, mas chega um parte que o livro pula 2 anos...sim, 2 ANOS rs é muita coisa e achei desnecessário :/

Agora retirando os pontos negativos rs A leitura flui de um modo legal. Os capítulos são grandes, mas você se vê lendo 2/3 sem perceber. Gostei da edição, ela ficou muito bem construída (isso para um livro antigo). Os acontecimentos são narrados em terceira pessoa de um modo simples, tendo em vista esse ser um livro medieval, geralmente a escrita é mais rebuscada, gostei desse ponto :)

O livro é o primeiro lançamento da editora, então é legal conhecermos melhor o trabalho dela. Com 4 volumes, seguindo "Mestre" ; "Espinhos de Prata" e "As trevas de Sethanon". O segundo volume será lançado esse mês!

Assim, o livro ganha...3 ESPADAS!!! Com alguns fatos sem sentido, a historia perde um pouco do seu foco principal. Mas o livro não deixa de ser bom :)

Espero que tenham gostado da resenha, pessoal!!! Comentem, avaliem o blog/post. Sigam se gostaram do blog, assim vocês não perdem as atualizações. Um abraço, e até mais ;)
Reações: